Aquecimento Global : luminosidade das plantas

Aquecimento Global  :  luminosidade das plantas.

Por Fernando Rebouças

Segundo o centro de pesquisas da Universidade de Bristol, no Reino Unido, cultivar plantas que refletem mais luz solar, seria uma das soluções para reverter o avanço das mudanças climáticas.

O cultivo destas plantas poderia esfriar em até 1°C a temperatura do verão na América do Norte, Europa e Ásia. Esta diminuição na temperatura diminuiria a ocorrência de secas graves, tormentas e inundações.

As plantas que mais refletem a luminosidade solar possuem mais “albedo”. Não é aconselhável derrubar florestas nativas para cultivar tais plantas, pois o desmatamentos destas florestas implica em grande emissão de carbono e gases de efeito estufa durante a decomposição da floresta.

Esta ideia é fomentada nos conhecimentos da biogeoengenharia, que busca soluções para resfriar o planeta Terra. Segundo os pesquisadores, a ideia não surtiria grandes efeitos no Brasil e na América Latina, pois a densidade e extensão de terras aráveis na América do Sul é relativamente baixa, desconsiderando as regiões de pastagens.

Para o Norte industrializado do planeta, o cultivo de plantas com grande albedo seria uma medida temporária, mas eficaz, para reduzir as ondas de calor. De forma geral, a redução de emissões de CO2, diminuirá a ameaça à vida marinha em virtude da progressiva acidificação do oceano.

Bibliografia :

http://www1.folha.uol.com.br/folha/ambiente/ult10007u490767.shtml

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *