A arte de se comunicar

A arte de se comunicar

Por Fernando Rebouças

Os diferentes estilos de comunicação e as diferentes maneiras de utilizá-la para propiciar um cotidiano melhor e a realização de um projeto, nisso podemos definir a utilidade primordial da prática da comunicação. A arte de comunicar envolve o relacionamento humano, as expressões visuais, corporais, verbais , ou seja, todas as linguagens que permitem a identificação e o entendimento entre emissor e receptor de uma mensagem formam esse imenso conjunto de significados da comunicação.

Nascido no Vietnã, o poeta Thich Nhat Hanh por intermédio do livro “A Arte de se Comunicar”, publicado no Brasil pela editora Vozes, desenvolver o significado e a utilização da comunicação em seu âmbito mais humano, partindo da convivência e do exemplo. Nos últimos tempos, exercer e compartilhar a liderança tem sido uma constante exigência em qualquer projeto profissional, porém Thich Nhat Hanh alerta que a liderança é um fator que parte da qualidade da comunicação que determinado indivíduo possui com o semelhante.

A comunicação alimenta as relações da mesma forma que alimenta os negócios. No livro o autor ainda destaca:

“Nada pode sobreviver sem comida. Tudo que consumimos atua ou para nos curar ou para nos envenenar. Estamos propensos a pensar na nutrição apenas como algo que ingerimos pela boca, mas aquilo que consumimos com nossos olhos, ouvidos, naris, língua e corpo, também é alimento. As conversas que acontecem à nossa volta, e aquelas nas quais tomamos parte, também são alimento. Será que estamos consumindo e criando um tipo de alimento saudável que nos ajuda a crescer?”

O autor enfatiza a qualidade da comunicação na sua excelência humana, o que impõe ao leitor maior responsabilidade sobre o que a pessoa escolhe para ler, assistir e conversar. Hanh ainda difere da seguinte forma:

“Quando dizemos algo que nos alimenta e eleva as pessoas à nossa volta, estamos nutrindo o amor e a compaixão. Quando falamos e agimos de maneira a causar tensão e raiva, estamos nutrindo a violência e o sofrimento.”

A comunicação também pode ser, em seu conteúdo, uma escolha que pode guiar o indivíduo para caminhos positivos e vitoriosos, ou para caminhos tortuosos, principalmente, quando a comunicação ou negativa ou repleta de ruídos.

Conheça mais o livro:

http://www.universovozes.com.br/livrariavozes/web/view/DetalheProdutoCommerce.aspx?ProdID=8532653553&

Capa:

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *