Árvore imbaúba

Árvore imbaúba.

Por Fernando Rebouças

As árvores da espécies de imbaúba são provenientes de regiões quentes e úmidas, apresentam grotas e formação análoga. São frequentes na Amazônia e Mata Atlântica, na Amazônia atingem sua maturidade em cinco anos, sua casca fornece fibra para fabricação de cordas e estopas, a polpa da árvore é fonte de celulose para papel.

Os brotos e os frutos desta árvore são muito consumidos pelo bicho preguiça, tanto que esta árvore também é conhecida como “árvore-da-preguiça”, só há galhos na parte mais superior da árvore.

O termo “imbaúba” provém do tupi “ubá” que designa tipo de árvore usada para embarcação, e “imbira” que significa fibra têxtil. Para nativos e caboclos, a madeira sempre foi usada para a fabricação de jangadas rústicas, lenha, construção de calhas, lixa.

Na indústria a madeira é usada para fabricar palitos de fósforo, papel, e em certas época, pólvora. Da casca, os índios extraiam matéria-prima para cordas e arcos. Além do bicho preguiça, a árvore abriga colônias de formigas.

Referências:

http://www.biomania.com.br/bio/conteudo.asp?cod=1808

http://www.terrabrasil.org.br/ecosistema/ecosist_imbauba.htm

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *