Barack Obama e o seu legado

Barack Obama e o seu legado

Por Fernando Rebouças

Retirar as tropas do Iraque, recuperar a economia dos EUA construir novos laços políticos e econômicos com as outras nações, sob o slogan “Yes We Can !” Barack Obama se elegeu para o seu primeiro mandato em 2008, e para o seu segundo mandato presidencial em 2012. Nas eleições de 2008, a percepção dos eleitores norte-americanos era a que a eleição de Obama tornaria  os EUA um país mais admirado no mundo.

Desde a Grande Depressão de 1929, os EUA teve que enfrentar a sua segunda pior crise econômica sob a gestão de Obama a partir de 2008. No ano de 2010, a economia norte-americana começou a registrar processo de recuperação lento, mas equilibrado. Obama conseguiu colocar os EUA na trajetória do crescimento e da recuperação do emprego.

Cumpriu a promessa de retirar as tropas dos EUA do Iraque, mas, por outro lado, não previu que a ausência de  um organização social e política no Iraque poderia gerar conflitos civis e a emergência de grupos radicais e terroristas como o Estado Islâmico na região. Porém, defensores de Obama indicam como positiva a retirada das tropas como ponto positivo na diplomacia do país e para as contas do governo. E na questão do terrorismo, é reconhecido como o presidente que conseguiu localizar e executar Osama Bin Laden, mentor dos atentados de 11 de setembro.

Diferente de seus antecessores, Obama não rejeitou planos de limitação de emissão de gases de efeito estufa e começou a rascunhar os primeiros programas ambientais dos EUA visando a questão do aquecimento global, comprometendo os EUA a cortar em 20% a emissão dos gases até 2025.

O último grande passo de Obama na área da política internacional foi a reaproximação com Cuba, a partir de uma abertura de diálogo com Havana. Aceitou a reaproximação com o Irã e retornou ao diálogo sobre o acordo nuclear iraniano.

Internamente, uma das marcas de seu governo foi o Obamacare, sistema de saúde único lançado em seu segundo mandato e a universalização do casamento gay no país. No final de seu segundo mandato questões como racismo, controle de armamentos e imigração ainda eram questões não bem resolvidas.

O primeiro presidente negro dos EUA e um dos mais carismáticos de todos os presidentes da história deixará os EUA um pouco diferente do que era até a era Bush, mas ainda percebido pelo resto do mundo como uma forte nação que exerce influências positivas e negativas em determinadas questões.

 

Referências:

http://oglobo.globo.com/opiniao/obama-caminha-para-deixar-legado-incomum-16659128

http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2014-01-20/obama-tenta-superar-legado-de-2013-ao-iniciar-os-ultimos-anos-de-governo.html

 

 

,
One comment on “Barack Obama e o seu legado
  1. Pingback: Donald Trump | AgendaPesquisa.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *