Bergson – Pensamento e invenção

Bergson – Pensamento e invenção

Por Fernando Rebouças

Onde está a criatividade do homem? Onde estaria a sua origem e força na realidade? Para responder essas perguntas, a professora de Filosofia da Unifesp, Izilda Johanson, lançou  o livro “Bergson, Pensamento e Invenção” pela editora FAP –Unifesp.

Nesse propósito, a autora busca conceitos a partir dos estudos do filósofo francês Henri Bergson, um dos maiores estudiosos sobre criatividade e consciência do século XX. Num dos pensamentos bergsoniano, podemos destacar o que explana a respeito do sentido da liberdade:

“A simplicidade de uma alma inteira e não dividida assume assim o seu sentido. (…) é o ato livre, no qual a alma inteira se condensa, que nos tornamos novamente simples, apaixonados e translúcidos. Como a liberdade não seria ela própria libertação? Como ela não daria aos escravos vontade de serem livres? A generosa liberdade não confere isto ou aquilo, não faz isto ou aquilo, mas concede aos outros liberdade, isto é, a dela própria. A liberdade é toda entrega e somente entrega.”

No livro fica comprovado a aproximação entre arte e filosofia nos trabalhos de Bergson, no contexto da realização, a intuição é conceituada como uma obra da no campo das artes; e na filosofia, uma forma de metafísica. O pensar ou sentir uma obra de arte não gera custos para o ato artístico, mas empreender a sua realização demanda esforço e condições.

Conheça mais o livro:

http://www.editorafapunifesp.com.br/shop/detalhe.php?id=69&livro=Bergson%3A+Pensamento+e+Inven%E7%E3o

http://www.estante.unifesp.br/bergson-pensamento-e-invencao

Capa:

 

 

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *