Como criar seu próprio negócio

Como criar seu próprio negócio

Por Fernando Rebouças

Sabemos que há dois tipos de empreendedorismo, o de oportunidade e o de necessidade, em tempos de crise e de retração da economia é mais comum  que as pessoas empreendam por necessidade, ou seja, para suprir as necessidades vitais do dia a dia ao invés de iniciar um empreendimento a partir de uma pesquisa de mercado e detecção de uma nova oportunidade para lançar um produto ou serviço. Porém, mesmo empreendendo por necessidade é aconselhável ao empreendedor detectar oportunidades na necessidade.

Antes de criar uma empresa é necessário identificar o modelo de negócio, ou seja, o que você pretende oferecer, como fazer, para quem oferecer e quanto cobrar pelo serviço que você pretende prestar ou pelo produto que você irá produzir ou revender. Esse conselho vale também para quem possui o objetivo de atuar como autônomo.

Por exemplo, vender doces é um modelo de negócio onde você produz o doce ou compra por atacado para revenda identificando onde vender, para quem vender, como vender e quanto irá cobrar.

Abrir a sua própria empresa ou iniciar uma atividade autônoma liberta o trabalhador das rotinas estabelecidas dentro uma empresa, como horário para chegar e ir embora, por outro lado, não oferece estabilidade salarial e previdenciária exigindo ao empreendedor disciplina, disposição para trabalhar mais do que um funcionário contratado, pesquisa e dedicação.

No livro “Nunca Procure Emprego!” de Scott Gerber, publicado pela editora Évora, há um forte raciocínio a respeito da realidade do mercado para criar o negócio próprio sem ir à falência, lembrando que um possível investidor ou sócio visa somente o retorno do capital emprestado ou investido no negócio, leia um trecho:

“Nenhum investidor vai querer que você perca o dinheiro dele. Quando você diz assiduamente às pessoas que precisa de dinheiro para “fazer um negócio andar”, a tradução real de suas palavras indica que você não tem um negócio, é um sujeito sem noção e preguiçoso e sua empresa é um tiro no escuro. Portanto, você fará apostas com o dinheiro delas. Boa sorte com isso”.

Conheça o livro “Nunca Procure Emprego!” : http://www.editoraevora.com.br/nunca-procure-um-emprego-dispense-o-chefe-e-crie-o-seu-negocio-sem-ir-a-falencia-scott-gerber

Imagem:

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *