Coulrofobia (medo de palhaço)

Coulrofobia (medo de palhaço)

Por Fernando Rebouças

O palhaço é um personagem lúdico que habita e compõe o imaginário do circo, das festas infantis e demais eventos divertidos, um personagem que utiliza a maquiagem extravagante, as roupas desajustadas e enfeites coloridos para fazer rir. Porém, muitas pessoas de diferentes idades sentem medo de palhaço e alguns personagens travestem o palhaço para simbolizar o mal e o medo em sua face pintada e vestimenta invertendo o papel alegre do palhaço para algo negativo e aterrorizante.

Na psiquiatria o “medo de palhaço” é conceituado como “coulrofobia”, muito detectado em crianças e, em certos casos, em adolescentes e adultos. Na maioria dos casos, a coulrofobia é resultado de experiências traumáticas que a pessoa teve com um determinado indivíduo vestido de palhaço que agiu de maneira negativa contra o portador da doença na infância ou depois de assistir a um filme ou peça de teatro que expôs o personagem do palhaço de modo negativo.

A doença pode ser tratada e curada durante a infância ou no decorrer da vida. Quem possui essa fobia costumam sentir pânico, vontade de chorar, arritmia cardíaca, respiração acelerada, perda de fôlego, náusea e suor.

No ano de 2016, tornou-se comum a repercussão de vídeos expondo palhaços maldosos agindo contra pessoas nas ruas, os vídeos se tornaram virais no You Tube e nas redes sociais. Para entendermos melhor o por quê do personagem “palhaço” também ser utilizado para expressões maldosas geradoras de medo, citamos o livro “Medo de Palhaço” publicado pela editora Generale (grupo Évora), organizado pelo autor Marcelo Milici.

O livro é uma enciclopédia sobre os palhaços assustadores da cultura pop atual , no trecho inicial do livro podemos entender as iniciais intenções do palhaço na história da humanidade:

“Era para ser engraçado. A mistura de cores alegres somadas à desproporção das roupas, o rosto artificialmente pálido e os cabelos desgrenhados constroem a figura do palhaço no imaginário coletivo.Além da imagem característica da personagem, há sempre uma expressão sorridente (…). Apesar de toda a concepção divertida, o palhaço também é um dos grandes representantes do medo, ocupando uma importante posição entre as principais fobias específicas.”

Os autores do livro “Medo de Palhaço” lembram que o termo “coulrofobia” é proveniente do termo “coulro” que significa “aquele que anda em palafitas” e “fobia” que significa “medo”. Perante a postagem de vídeos e fotos de palhaços maldosos na internet, a sociedade começou a debater sobre a verdadeira face do palhaço na sociedade.

Conheça o livro “Medo de Palhaço”: http://www.editoraevora.com.br/medo-de-palhaco-a-enciclopedia-definitiva-sobre-palhacos-assustadores-na-cultura-pop-marcelo-milici-filipe-falcao-gabriel-paixao-matheus-ferraz-e-rodrigo-ramos

Imagem:

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *