Creative Commons

Creative Commons

Por Fernando Rebouças

Entidade que surgiu  na Massachussets Institute of Tecnology, no ano de 2001, para facilitar no trabalho de softwares livres. Na prática, a atuação da Creative Commons se ampliou para qualquer suporte e conteúdo que se envolve com o direito autoral.

A Creative Commons lançou o termo “copyleft”, contraposto ao “copyright” que assegura os direitos  do autor. Foi lançada por Lawrence Lessig, professor da Universidade de Stanford.

O termo “Creative Commons” ao pé da letra significa “criação comum”, e a instituição visa o livre acesso a conteúdos antes limitados pelos direitos autorais, gerando licenças padronizadas que permitam o compartilhamento de informação e conteúdo intelectual de forma livre (copyleft) .

O conteúdo pode ser texto , música, imagens, filmes e dados. A licença do Creative Commons permite ao autor e detentor do “copyright” de liberar a sua obra para o acesso livre por parte do público, abdicando de alguns de seus direitos autorais.

A abdicação por parte do autor pode ser total, parcial e restritiva. A restritiva proíbe que o conteúdo de sua obra sirva para o surgimento de obras derivadas ou do uso comercial da mesma.

Referências:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Creative_Commons

http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/03/09/precisamos-realmente-do-creative-commons/

 

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *