Crise de sentido na modernidade

Crise de sentido na modernidade

Resenha

A crise de sentido e de identificação tem assombrado os nossos dias atuais numa sociedade cada vez mais informada e menos compreensiva. Esse tema é abordado no livro “Modernidade, Pluralismo e Crise de sentido” escritor por Peter L. Berger e Thomas Luckmann.

No Brasil, a obra é republicada pela editora Vozes e apresenta para o leitor uma profunda reflexão sobre o tema através de uma leitura leve e atual.

Um dos pontos principais do livro é tentar analisar o processo de convulsão das certezas e o questionamento das identidades num ambiente que atinge as estruturais sociais e relacionamento cotidiano.

Leia a seguir um trecho do livro:

“Nas sociedades modernas as condições são diferentes. Naturalmente há ainda instituições que comunicam o sentido das ações para suas áreas operacionais; existem ainda sistemas de valores que são administrados por algumas instituições também como categorias de sentido da conduta de vida. Mas, como ainda veremos, há diferenças, em comparação com as sociedades pré-modernas, no grau de coerência dos sistemas de valores, bem como na competitividade interna externa na produção, comunicação e imposição de sentido. E voltando ao exemplo mencionado acima: será difícil encontrar , na sociedade atual, pais e filhos cujo relacionamento tenha para ambas as partes o mesmo grau de obrigatoriedade e esteja determinado inquestionavelmente por um sistema bem firme de valores.”

A obra é indicada para sociólogos, estudantes, universitários e pesquisadores. Conheça mais o livro no link: http://www.universovozes.com.br/livrariavozes/web/view/DetalheProdutoCommerce.aspx?ProdId=8532629490

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *