E-book

E-book 

Por Fernando Rebouças

O termo e-book significa livro eletrônico, sendo uma abreviação do termo em inglês “eletronic book”. São livros no formato digital, ou seja, não utilizam suporte físico como o papel.

Podem ser livros no computador, em celular (dependendo do formato, e em aparelhos portáteis como o Kindle. Popularmente, as pessoas utilizam o software Adobe Reader para ler arquivos em PDF.

A vantagem do e-book está em sua portabilidade, sendo um material de fácil transmissão via internet. Um leitor do Alasca pode comprar e acessar um livro do Brasil em minutos.

O e-book também custa mais barato, em virtude de não ter os custos dos suportes convencionais, chegando às mãos do leitor a um preço de até 50 % menor. Caso a pessoa queira ter o livro impresso basta imprimí-lo numa impressoa pessoal e tê-los em mãos.

O livro virtual também é protegido pelas leis autorais, não podendo ser alterados, copiados e distribuídos sem a prévia autorização dos autores ou da editora detentora dos direitos patrimoniais.

O e-book foi inventado em 1971, por Michael Hart, fundador do Projeto Gutenberg, quando lançou a Declaração de Independência dos EUA digitada. Além do PDF, o e-book pode ser  produzido em outras extensões como  LIT, EXE, PRC, DOC, entre outras. Quando agregam a tecnologia sonora do mp3, passam a ser compreendidos como audiobooks.

 

Referências:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Livro_digital

http://www.abc-commerce.com.br/ebook.htm

 

 

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *