Edmund Husserl

Edmund Husserl

Por Fernando Rebouças

Filósofo alemão, nasceu em 8 de abril de 1859, atual Prostejov, na República Checa, e faleceu em 27 de abril de 1938. Na época de seu nascimento, sua cidade era referida como “Prossnitz” e pertencia ao antigo Império Austríaco. Completou seus estudos de matemática em Viena.

Influenciado por Franz Brentano, decidiu seguir a Filosofia como estudo e trabalho. Anteriormente judeu, converteu-se ao luteranismo. Lecionou filosofia em Halle, entre os anos de 1887 a 1901, e posteriormente nas cidades de Göttingen e Freiburg.

Os estudos filosóficos de Husserl apresentam influências da tradição grega, escolástica, Bolzano, Descartes e Leibniz. Também fora influenciado pelo empirismo inglês e o pensamento de Kant.

Em toda sua vida estudou em Leipzig, Berlim e Viena. Através da filosofia de Bretano, Edmund Husserl passou a encontrar objetividade perante as questões filosófica. Em 1883, defendeu uma tese sobre cálculos de variações; e em 1891, publicou “A Filosofia da Aritmética.

Em 1913, publicou a obra “Ideias por uma Fenomenologia Pura e uma Filosofia Fenomenológica” . O ideal da filosofia “husserliana” se expressa através da determinação em atribuir peso científico à filosofia com o intuito de atingir outras ciências, partindo de uma base sólida de pensamento e uma fundamentação rigorosa.

Dentro da “Fenomenologia”, defendia que “Fenômeno” era consciência momentânea de vivências, apresentando intenção como estrutura e consciência de algo. Nesta ciência, buscava examinar a experiência humana de forma rigorosa através de uma experiência.

 

Referências:

http://educacao.uol.com.br/biografias/edmund-husserl.jhtm

http://www.pucsp.br/~filopuc/verbete/ehusserl.htm

 

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *