Gravidade

Gravidade

Por Fernando Rebouças

A gravidade é considerada uma das quatro forças da natureza, ao lado da força forte, da força fraca e do eletromagnetismo. Segundo a teoria geral da relatividade descrita por Albert Einstein, a gravidade é considerada um fenômeno gerado por uma curvatura espaço-tempo que regula o movimento de objetos inertes.

Segundo a Lei da gravitação de Newton, a gravidade é proporcional às massas dos corpos em interação e inversamente proporcional ao quadrado da distância existente entre eles.

Na prática, a força da gravidade na Terra “puxa” e “fixa” os objetos no solo, ou seja, a atração gravitacional da Terra permite o peso aos objetos fazendo-os caírem no chão quando soltos a uma determinada altura.

Na Cosmologia, a gravidade permite a aglutinação da matéria dispersa que venha a compor corpos celestes como planetas, estrelas e até galáxias. A força da gravidade também é responsável por manter as órbitas dos planetas.

Nos cálculos, o movimento vertical apresenta o conceito de aceleração de gravidade, cujo movimento permite a aproximação de objetos em relação à superfície. Segundo a Lei da Newton, se um corpo de massa m, sofre a aceleração da gravidade, quando aplicada a ele o principio fundamental da dinâmica poderemos dizer que:

A esta força, chamamos Força Peso, e podemos expressá-la como:

:

ou em módulo: 

O Peso de um corpo é a força com que a Terra o atrai, podendo ser também váriável, a gravidade varia quando não está nas proximidades do planeta Terra. A massa de um corpo  é constante, ou seja, não varia.

Exemplo:

1kgf é o peso de um corpo de massa 1kg submetido a aceleração da gravidade de 9,8m/s².

A sua relação com o newton é:

:Leia sobre Aceleração e Velocidade:

http://agendapesquisa.com.br/aceleracao-e-velocidade/

Referências:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Gravidade

http://www.sofisica.com.br/conteudos/Mecanica/Dinamica/fp.php

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *