Max Weber

Max Weber

Por Fernando Rebouças

Max Weber nasceu em Erfurt, em 21 de abril de 1894; e faleceu em Munique, no dia 14 de junho de 1920. É reconhecido como jurista, um dos economistas alemães mais citados e como um dos fundadores da Sociologia, sendo irmão de Alfred Weber, famoso sociólogo na época.

É citado como um dos fundadores da sociologia moderna, sendo suas obras abordadas não somente na economia, mas nos estudos políticos, no direito, na filosofia e na administração. Atuou também como consultor de empresários alemães no Tratado de Versalhes assinado em 1919.

Em sua linha de pensamento, publicou estudos sobre o capitalismo  e o processo de racionalização e desencantamento do mundo. Recentemente, a editora Vozes publicou no Brasil duas obras relacionadas à Max Weber. No livro “Ética Econômica das Religiões Mundiais”, Weber apresenta ensaios comparados de sociologia da religião, concentrando esforço no entendimento sobre o confucionismo e taoismo e as percepções relacionadas à China, na página 236 ele afirma:

“O caráter social da camada culta determinava então também seu posicionamento em relação à política econômica. Como tantos outros traços típicos de formações burocrático-patrimoniais com cunho teocrático, o sistema estatal também apresentou, durante milênios, o caráter de um Estado de bem-estar utilitarístico-religioso bem de acordo com o seu rótulo. No entanto, no China como no antigo Oriente, a política estatal realmente exercida, pelas razões já citadas, repetidas vezes deixava o comportamento econômico a seu bel-prazer, pelo menos na medida em que se tratava de produção de renda, e isso, no essencial, há já muito tempo, a não ser que estivessem em jogo reassentamentos, melhoramentos (por irrigação) e interesses fiscais ou militares.”

No outro livro “10 Lições sobre Max Weber”, do autor Luciano Albino, é lembrando um dos artigos mais marcantes na vida de Weber:

“No tocante à ação econômica no contexto capitalista, Weber elabora uma brilhante análise no seu texto mais conhecido: ‘A ética protestante e o espírito do capitalismo’. Seu entendimento caminha na direção de esclarecera cultura ocidental, especialmente quanto à pecularidade do processo de ordenamento racional nas relações sociais.”

Conheça mais sobre as obras de Max Weber:

http://www.universovozes.com.br/livrariavozes/web/view/DetalheProdutoCommerce.aspx?ProdId=8532651194

Capa:

http://www.universovozes.com.br/livrariavozes/web/view/DetalheProdutoCommerce.aspx?ProdId=8532651569

Capa:

Referências de pesquisa:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Max_Weber

http://global.britannica.com/biography/Max-Weber-German-sociologist

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *